Como fazer um bom roteiro de viagem – TOP Dicas

Como fazer um bom roteiro de viagem – TOP Dicas

Para fazer um bom roteiro de viagem, é preciso levar em consideração diversos fatores, dos quais podem ser fundamentais para o sucesso ou fracasso de sua expedição 🙂 Por isso hoje resolvemos apresentar para vocês, algumas das melhores dicas de como fazer um roteiro de viagem, assim como um passo a passo bem explicativo de como monta-lo.

É necessário também saber que cada viagem é diferente, nunca será exatamente igual, portanto ao fazer o seu roteiro, saiba que é provável que algo não seja como na programação, mas podemos afirmar que 90% do roteiro pode funcionar, desde que você aplique todas as informações abaixo.

Antes de mais nada, antes de comprar passagens aéreas, hospedagem e qualquer outro item, tire um pouco de tempo para estudar este artigo e até mesmo melhorá-lo, deixando também as suas dicas para nós.

Montar um bom roteiro de viagem é algo que muitos buscam na internet. Mas é preciso já ter em mente qual será o tipo de destino, pois apesar de ser uma rotina “parecida” em todos os destinos turísticos, é preciso primeiramente definir qual será ele, se no campo, na praia, na serra, locais com muitos ou poucos pontos turísticos, viagens nacionais ou internacionais, etc. Por isso esse será o nosso primeiro tema abordado!

como fazer roteiro turistico

Como fazer um bom roteiro de viagem – TOP Dicas

São 9 temas que é preciso levar em consideração na hora de preparar um roteiro de viagem, entre eles estão:

  • Para onde vou?
  • Quando será minha viagem?
  • Quanto irei gastar nela?
  • Qual será o tempo de permanência?
  • Toda documentação está em dia?
  • Você estudou o destino?
  • Faça listas
  • Utilize recursos tecnológicos a seu favor
  • Siga ou pelo menos veja algumas das principais dicas sobre o assunto

Primeiro assunto a ser levado em consideração, “Para onde eu vou…?”

Defina primeiramente para onde você vai. Antes de começar qualquer coisa é preciso saber qual será o destino desejado. Você tem algum sonho? Gosta de alguma região em específico? Prefere locais que sejam referências em pontos turísticos? Existem diversas possibilidades como destinos paradisíacos, com praias de areias branquinhas, mar cristalino e toda vegetação típica da região, vilas nas serras próximas a montanhas esplendorosas, locais com museus, regiões históricas, cidades voltadas para o turismo religioso, locais famosos por suas noites, por suas bebidas, por suas refeições, entre outros. Você poderá começar a filtrar a sua viagem por aí!

Você já tem mais ou menos a noção de quando irá para essa viagem?

É preciso também levar em consideração o período em que irá ocorrer esta viagem, para poder definir o seu roteiro, afinal existem destinos que não é viável que você vá no período do verão, assim como existem outros que não são viáveis que você vá no inverno. É importante levar considerar o fator “Tempo” principalmente se for uma viagem internacional, onde em algumas opções a neve costuma atrapalhar bastante o trajeto até lá.

Você já definiu o limite dos seus gastos para esta viagem?

Faça esse cálculo, incluindo os valores das passagens aéreas, hospedagem, passeios, alimentação, remédios, gastos em souvenirs da região e reserve também algum para emergências. É preciso estar ciente de todos os gastos e tentar se policiar em relação ao teto máximo. É comum que os valores ultrapassem as expectativas, afinal você está indo para um lugar do qual não sabe onde irá comer por exemplo, assim os valores são bem flutuantes. Por isso se programe de acordo com a sua realidade.

O tempo da viagem também é importantíssimo, você já sabe?

Um, dois, sete, dez dias, quanto será o seu tempo de permanência no destino que você almeja visitar? Juntamente com as dicas acima, saber o tempo de permanência pode ajudar a definir todos os seus passeios, boa parte dos seus gastos e também as melhores opções de voos e hospedagem para o período.

E sua documentação? Está tudo certo?

Principalmente para aqueles que irão realizar uma viagem internacional, a documentação está em dia? Em destinos como os do Mercosul, apenas uma RG com menos de 15 anos e em bom estado de conservação é o suficiente para entrar nos países, mas já em outros destinos como os Estados Unidos por exemplo, é preciso possuir visto, passaporte, tudo dentro da validade pré definida por lei.

É importante que a documentação esteja certa antes mesmo de comprar qualquer coisa de sua viagem, afinal pode ser ou não que o seu visto ou outro documento seja aprovado.

Faça inúmeras pesquisas, são elas que ajudam você principalmente a economizar. Estude o destino.

Ao realizar consultas e pesquisas pela internet, você irá conhecer mais sobre o destino desejado, o que irá ajudar a definir melhor os seus passeios, locais interessantes para se alimentar, onde realizar suas compras, não perder tempo andando sem rumo, entre outros fatores. As pesquisas também devem ser aplicadas na hora de comprar suas passagens aéreas e realizar suas reservas nos hotéis desejados, quanto mais você pesquisar, maiores são as chances de encontrar um promoção, principalmente se fizer isso com uma boa antecedência.

Faça uma lista do que você pretende visitar.

Já esteja com a sua lista pronta de locais que pretende visitar, se tudo ocorrer bem e no cronograma de sua viagem. Você poderá classificar os roteiros como os importantes e aqueles que caso fique para uma próxima viagem, não exista nenhum problema. É preciso definir prioridades nesta lista.

Use os recursos possíveis.

Utilizar a tecnologia a seu favor na hora de fazer o roteiro pode ser muito interessante. Você poderá criar tabelas, baixar aplicativos em seu smartphone, utilizar uma pequena agenda, o seu GPS, lembretes e tudo que possa facilitar na hora da sua viagem. O celular é um equipamento muito importante nos dias atuais para organizar a viagem, não deixe-o sem funcionalidades, saiba utilizar todos os recursos, desde um simples editor de foto, até mesmo estar com todos os mapas offline da região, caso fique sem torre ou internet.

Outras dicas para o seu bom roteiro de viagem

As vezes mais é menos. Quando você for realizar uma viagem, não ache que “Quanto mais lugares visitar, melhor”, a não ser que você tenha muitos dias no destino, essa frase é verdadeira, agora se você tem poucos dias e muitos locais para visitar, é provável que não aproveite bem nenhum deles. O ideal é que você escolha menos locais e atrações e fique por um período maior, desde que tenha o que fazer na atração. Deixe opções para uma próxima viagem, caso tenha realmente gostado do destino.

Dias e horas na estrada. Quando estamos em um local e precisamos ir até outro, esse tempo em relação ao tempo de aproveitamento de nossa viagem, é considerado “perdido”. O ideal é que você não perca muito tempo em trajetos, viagens e passeios distantes, opte por ficar em uma região mais centralizada, onde o tempo de deslocamento não seja perdido.

Dia livre. É importante que um dos dias que você esteja no destino e programado para o seu roteiro de viagem, seja livre. Isso porque as vezes é preciso somente descansar, comprar algo nas lojinhas próximas, organizar as bagagens e itens que comprar na viagem, cobrir um dia que tenha tido algum imprevisto ou qualquer outro assunto.

Organização. Tudo na vida depende de organização, precisamos além de organizar o roteiro de viagem, também organizar as malas, os trajetos entre o aeroporto e a hospedagem, os locais em que irá se alimentar, a quantidade de dinheiro em espécie e no cartão que pretende levar, entre outros.

O dólar. Sua viagem é internacional? Então um dos fatores primordiais é verificar a taxa de câmbio do dia. Não somente quando a moeda é em dólar, mas todas as outras em relação ao real. As vezes não compensa aproveitar certas promoções, principalmente porque alguns dos principais gastos será no país de destino, sendo necessário o câmbio de uma grande quantidade de real, não sendo viável onde a moeda é muito defasada.

Cuidado com as bagagens. Sempre que vamos a um destino diferente, costumamos trazer diversos itens da região, lembrancinhas, presentes, algo que algum amigo ou familiar nos pediu. Agora tanto em viagens nacionais como internacionais, é necessário pagar uma taxa a mais sobre as bagagens que não sejam de mão. Quanto mais bagagens, maiores as taxas e em viagens internacionais o cuidado deve ser redobrado, por conta do teto máximo que pode ser despachado em relação aos pertences. Viagens dos EUA para o Brasil de avião por exemplo, você só pode trazer um máximo de US$ 500* em produtos, com risco de ser barrado na alfândega. Antes de viajar, verifique todas informações em relação as bagagens e pertences também.

Isso ajudou você? Tem algo a acrescentar? Deixe seus comentários e compartilhe com seus amigos.

Anterior Rewards Nubank, um breve resumo
Proximo ENEM 2018 - TOP 10 dicas para estudar e passar no Enem e mais

Sobre o autor

Wes
Wes 762 posts

Vencer sem lutar, é como triunfar sem glória.

Voce tambem podera gostar de:

Novo Passaporte para a Europa

Uma regra para a validade do novo passaporte para a Europa vem sendo cumprida desde Julho de 2013 mas até os dias atuais, ainda vem trazendo alguns problemas na hora… Leia mais

Qual o aeroporto mais próximo do evento Lollapalooza BR

Você está se preparando para ir no Lollapalooza Brasil? Sabe qual é o aeroporto mais próximo do evento? Atualmente o festival de música Lollapalooza BR está acontecendo no Autódromo de… Leia mais

ID Jovem – Como usar em viagens interestaduais?

É sempre importante estar por dentro de todos os programas do governo, justamente para poder obter alguma vantagem social e financeira, como é o caso do ID Jovem, uma das… Leia mais

Como fazer autorização para menor de idade viajar

Você sabia que só são permitidas viagens sem acompanhamento maiores de 18 anos? E quando é preciso que uma criança faça uma viagem nacional ou internacional sozinha, acompanhada por pessoas… Leia mais

Como fazer reserva em hotel

Vou viajar mas nunca fiz uma reserva em hotel, como devo proceder? Essa é uma pergunta que está rodeando a sua mente nos dias que antecedem a sua viagem? Não… Leia mais

Dicas para comprar voos baratos em 2018

Já começou suas buscas por passagens aéreas e voos baratos para 2018? Como está se saindo? Precisa de ajuda? É por isso que estamos na internet, para dar dicas e… Leia mais

Seja o primeiro a comentar

Escreva uma resposta