Como tirar passaporte para trabalhar e morar no exterior

Como tirar passaporte para trabalhar e morar no exterior

Primeiro é preciso saber que não são todos os países em que é fácil obter visto de trabalho e/ou moradia. A não ser que você seja um grande investidor.

Para brasileiros, os países mais “fáceis” para trabalhar e morar no exterior são o Chile, Irlanda, Alemanha, Canadá e Portugal.

O passaporte brasileiro acaba facilitando a entrada nestes países, mas ainda sim é preciso seguir as regras de imigração existentes tanto por aqui como as do país de destino.

Quero morar fora do Brasil e agora?

Independentemente do processo ser fácil ou difícil, é preciso que você tenha uma boa qualificação profissional e também esteja disposto a encarar os jobs disponíveis caso não consiga na sua área logo de cara.

Além da experiência é de suma importância que você fale um segundo idioma, não necessariamente o inglês, mas este é um dos mais aceitos no mercado internacional.

Há quem para uma primeira experiência opte por fazer um intercâmbio através de alguma escola brasileira, no conceito de parcerias. Isso pode ser uma boa opção também.

Quanto mais qualificações, mais fácil do seu visto ser aprovado, principalmente se for uma área escassa no país.

Tudo sobre viagens!

Como trabalhar e morar no Chile

Se você quer ir para o exterior, mas ficar com um “fácil” acesso ao Brasil, o Chile é uma boa escolha.

A menos de 5h de voo de grande parte das regiões do Brasil, o Chile é um país associado ao Mercosul, ou seja, conta com alguns acordos exclusivos, inclusive no tema de trabalho e moradia.

O brasileiro que se interessar pelo Chile, terá a oportunidade de fazer um “teste” pois há uma permissão de residência temporária de até um ano.

Se neste 1 ano você conseguir emprego, poderá solicitar uma permissão de trabalho, que será válida por mais 2 anos.

Ambas as solicitações contam com preço médio de US$ 100, e demoram cerca de três a 12 meses. Neste período ainda será preciso emitir no consulado o “Carnet”, um documento semelhante ao nosso RG.

Em questões de trabalho o salário mínimo de lá está em torno dos 310 mil pesos chilenos, algo próximo dos R$ 1700. Mas a média salarial de diversos profissionais ficam em torno dos R$ 3000.

Como trabalhar e morar na Irlanda

Com toda certeza um dos países em que os brasileiros mais podem desfrutar da experiência de morar e trabalhar é a Irlanda.

Isso porque ele acaba facilitando o visto de intercâmbio para quem quer aprender inglês, permitindo ainda um trabalho de 20 horas semanais.

Esse visto tem duração de oito meses, onde a sua permanência depende da frequência no curso de inglês que estará realizando por lá. O curso poderá ser renovado por dois períodos.

Além do curso, você vai precisar ter uma quantia equivalente a três mil euros em uma conta no Brasil, ou seja, cerca de R$ 18 mil reais.

Essa é a parte um pouco mais complicada, mas você não precisa ter esse dinheiro para gastar, apenas para provar que pode se manter por lá, sem ter que depender de outros recursos.

Dicas para comprar voos baratos!

É preciso também ter um seguro viagem contratado e a IRP Letter que deve ser emitida pela escola, com preço médio de 300 euros.

Para quem conseguir ir para a Irlanda, poderá desfrutar de um salário mínimo de 1614 euros, mas os valores serão correspondentes às 20h de trabalho e não do valor integral.

Apesar do alto salário, o país conta com a desvantagem de ter uma alimentação e outros recursos básicos muito caros.

Essa é uma das opções mais “fáceis”. Para quem quer tirar o visto de trabalho mesmo, saiba que é preciso ter o que conhecido “Critical Skills”, ou seja, uma ocupação muito importante e que o país tenha dificuldade de profissionais nesta área.

Áreas de tecnologia, ciências, medicina e engenharias podem conseguir o visto mais facilmente. Profissões de mão de obra qualificada também são bem requisitadas.

Como trabalhar e morar na Alemanha

Muitos brasileiros contam com descendência alemã, principalmente no sul do país.

Isso pode sim facilitar a entrada na Alemanha, mas é preciso ter ao menos uma noção de alemão e certificados de universidades que são reconhecidas por lá.

O idioma é uma questão importante, pois lá eles priorizam muito a nação, ou seja, o inglês apesar de ser conhecido, não é prioridade para as empresas.

Ter certificados e diplomas de universidades brasileiras que são reconhecidas internacionalmente, facilitam bastante a permanência no país.

Primeiro você poderá emitir um visto de seis meses através do consulado alemão no Brasil. Esse visto já permite que você possa procurar emprego na Alemanha.

Mas para poder emiti-lo será preciso ter escrito uma carta de motivação, possuir diploma de conclusão de curso universitário, um currículo atualizado e comprovar reserva de 853 euros para cada um dos seis meses.

Quando chegar na Alemanha, corra atrás de emitir o visto de trabalho. Ele deverá ser feito no Ausländerbehorde (Departamento de Estrangeiros).

O Blaue Karte custa em média 75 euros.

Para poder dar entrada neste visto, é preciso que você tenha conseguido um trabalho que pague no mínimo 47600 euros/ano.

Regiões próximas a capital ou até mesmo Berlim, costumam demorar mais para a emissão desta modalidade de visto.

Para quem quer uma aprovação mais rápida, é interessante se mudar para uma cidade mais ao interior.

Working Holiday Visa

Outro visto conhecido é o Working Holiday Visa, um visto dedicado para quem tem entre 18 e 30 anos e está passando “férias” por lá. Você deverá arrumar um emprego na área de turismo, agrícola, call center ou de negócios online.

Nele você trabalha 6 meses em um emprego e deve trocar para outro.

Você pode também contratar uma escola que oferece intercâmbio para aprender alemão, esse processo costuma ser mais fácil.

O salário mínimo Deutschland está em 1500 euros. Mas também não é muito barato viver por lá, pois conta com muitos impostos e assim como o INSS no Brasil, o sistema de saúde é descontado automaticamente do salário, sendo obrigatório para imigrantes ou não.

Como trabalhar e morar no Canadá

Se em algum momento você pensou em morar fora do Brasil, com certeza o Canadá foi uma das opções.

Muitos brasileiros optam pelo destino por ser bem seguro e oferecer ótimas oportunidades, mas é preciso estar com o inglês ou francês afiado e estar disposto a enfrentar temperaturas abaixo dos -15ºC durante o inverno.

Você pode tentar se mudar para o país preenchendo o formulário online Express Entry.

Nele será necessário incluir seus diplomas, certificação de idiomas e experiências de trabalho.

O próprio Express Entry acaba cadastrando seu currículo para que empresas canadenses possam encontrar a sua mão de obra.

Se conseguir um trabalho, será preciso no prazo de 60 dias aplicar o visto de trabalho e então realizar a mudança para o país.

Mas dependendo da sua especialização o processo para conseguir uma vaga de trabalho por lá e agendar a mudança pode demorar um pouco.

Como trabalhar e morar em Portugal

Para muitos brasileiros que contam com dificuldades no inglês e outros idiomas, Portugal é uma escolha bem óbvia para imigrar a trabalho.

Mas o país não conta com um dos salários mínimos mais altos da Europa, girando em torno dos 750 euros.

Porém isso é compensado com os poucos impostos e uma vida mais barata em relação a outros países.

O visto de trabalho poderá ser do tipo D1, quando é empregado por uma empresa, o tipo D2, quando trata-se de um prestador de serviços ou empreendedor (com confirmações) e também o D3, dedicado aqueles que são profissionais qualificados (diploma e especificações) em alguma área.

O mais comum é o D1, onde o trabalhador poderá ficar por um ano, desde que a empresa contratante pague um salário de no mínimo 1300 euros.

Quem tem residência em Portugal poderá solicitar o visto para realizar atividade profissional subordinada de acordo com o artigo 88 do país.

Ele necessita de residência no país, o visto Schengen com validade de no mínimo três meses, apresentação dos registros criminais e também o contrato de trabalho assinado pela empresa portuguesa.

Anterior 10 destinos para passar o reveillon 2021
Proximo Como fazer para devolver o Auxílio Emergencial

Sobre o autor

Wes
Wes 1027 posts

Vencer sem lutar, é como triunfar sem glória.

Voce tambem podera gostar de:

Como fazer uma busca de passagens aéreas baratas no Hurb.com

O Hurb.com é a nova marca do Hotel Urbano, um dos principais canais online de venda de viagens de todo o Brasil. Mas você sabe como fazer uma cotação de… Leia mais

Como fazer o cartão de crédito do HURB Hotel Urbano?

O Hotel Urbano agora é Hurb.com. Com o objetivo de se transformar em uma marca internacionalmente conhecida, no último dia 01 de agosto de 2018 a agência brasileira de viagens,… Leia mais

ID Jovem 2.0 – Como fazer a Identidade Jovem

É sempre importante estar por dentro de todos os programas do governo, justamente para poder obter alguma vantagem social e financeira, como é o caso do ID Jovem 2.0, uma… Leia mais

Como fazer check in inteligente GOL

Vai viajar e não sabe como fazer o Check in da GOL? A empresa aérea possui uma página dedicada a explicar da maneira mais fácil possível sobre o seu Check… Leia mais

Novo Passaporte para a Europa

Uma regra para a validade do novo passaporte para a Europa vem sendo cumprida desde Julho de 2013 mas até os dias atuais, ainda vem trazendo alguns problemas na hora… Leia mais

10 destinos para passar o reveillon 2021

O réveillon 2021 é a próxima oportunidade para fazer uma viagem incrível e inesquecível. Se você ficou com dúvidas em 2020 e deixou para a última hora, ficando de fora… Leia mais

Seja o primeiro a comentar

Escreva uma resposta