Como fazer para preencher a Guia GPS do INSS online

Como fazer para preencher a Guia GPS do INSS online

A Guia GPS do INSS online e sua emissão é uma forma de acabar com a necessidade de comprar o carne GPS físico da Previdência Social, que são atualmente vendidos em papelarias, bancas de jornais/revistas e outros locais que são devidamente autorizados a realizar a venda.

E a emissão online da Guia GPS visa também acabar com o risco de perder a comprovação de suas contribuições, apesar delas estarem todas computadas no sistema da Previdência Social.

E como este é um assunto interessantíssimo para todos os trabalhadores que fazem o recolhimento de tributos (contribuição) para a Previdência Social, resolvemos dedicar um artigo inteiro aqui do Como Fazer Fácil para os nossos atuais e futuros leitores, com o máximo de informações possíveis sobre este assunto.

Deu trabalho, mas nós fazemos tudo por vocês! <3

O que é uma Guia GPS do INSS?

A Guia GPS, sigla para Guia da Previdência Social é um documento onde são inseridos seus dados pessoais e previdenciários, permitindo o pagamento e recolhimento da contribuição do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). É com o pagamento desta guia que trabalhador obtém o direito a uma aposentadoria (contribuição, tempo e invalidez), pensão por morte, auxílio acidente, auxílio maternidade, auxílio doença e outras opções que o INSS oferece para seus “filiados”.

Lembrando que além da contribuição através da Guia GPS, é preciso também atender aos requisitos mínimos de cada benefício oferecido pelo INSS.

O recolhimento dos valores através da Guia da Previdência Social poderá ser feito através do desconto em folha na própria empresa que o trabalhador faz parte, neste caso feito de forma automática. Mas ele também poderá ser feito por pessoas autônomas, segurado especial, empregador doméstico, contribuinte facultativo e outros que estaremos descrevendo a seguir.

Como receber do INSS sem ter contribuído?

Porém os trabalhadores que não fazem parte de empresas privadas (PIS) e desejam fazer a contribuição para garantir os seus direitos no INSS, deverão realizar o pagamento através da Guia GPS. O pagamento é feito com base em alíquotas, para cada tipo de trabalhador, e salário que deseja receber. Esses valores sofrem alterações com base no salário mínimo e também com o teto previdenciário.

GPS guia previdencia social

Tipos de contribuintes que podem pagar a Guia GPS

Os tipos de contribuintes que podem realizar o pagamento da Guia da Previdência Social são:

  • Empregado:

No caso as próprias empresas privadas realizam o recolhimento da contribuição.

  • Contribuinte facultativo:

São aqueles que não possuem renda própria, são maiores de 16 anos e que decidem realizar a contribuição para a Previdência. Entre eles estão síndicos não remunerados, desempregados, estudantes, etc.

  • Contribuinte individual:

Apesar de parecer semelhante ao contribuinte facultativo, o individual é específico para contribuintes autônomos (que trabalham por conta própria), ou aqueles que prestam serviços eventuais para empresas, mas sem qualquer vínculo empregatício. Outros que são considerados nesta categoria são sacerdotes, pastores, síndicos remunerados, motoristas de aplicativos e táxi, vendedores ambulantes, pintores, pedreiros, diaristas, entre outros.

  • Empregado doméstico: 

Aqueles que realizam serviços em casa de outra família, sem que a atividade gere lucros para o empregador, como por exemplo, empregados domésticos, governantes, jardineiros, caseiros e outros desta mesma linha de raciocínio são considerados contribuintes desta categoria.

  • Contribuinte especial:

Já o contribuinte especial é aquele que seja pessoa física e que desenvolva atividades como produtor rural (proprietário, possuidor, assentado, usufrutuário, comodatário, parceiro ou meeiro outorgado e arrendatário rural), seringueiro ou extrativista vegetal de recursos renováveis e que tenha por meio de vida essas funções. É considerado também contribuinte especial o cônjuge/companheiro que tenham participação ativa nas atividades rurais da família (filhos maiores de 16 anos também). Pescador artesanal, que retire da pesca o seu sustento ou índio reconhecido pela FUNAI, desde que exerça atividades como artesão com matéria prima vinda de extração vegetal e outros em atividade rural, que tenha como a atividade o seu principal meio de vida.

Porque fazer a emissão/emitir a Guia GPS (Guia da Previdência Social) do INSS online?

Uma das grandes vantagens da Guia GPS Online é que o cidadão pode realizar o pagamento através do aplicativo, no Internet Banking. Assim você não precisa mais ter que ficar comprando o carnê, tão pouco acumulando uma papelada desnecessária em sua casa. Mas é possível até mesmo através da emissão online, imprimir o código de pagamento e então realiza-lo em uma instituição autorizada e armazenar o comprovante em uma pasta.

Prova de vida do INSS

Quem faz o pagamento de forma convencional (offline), precisa comprar o carnê da Previdência Social, vendido normalmente em papelarias ou bancas de jornais, e então realizar o preenchimento a mão e só então efetuar o pagamento através da lotérica ou banco responsável pelo recolhimento da contribuição.

Tanto a contribuição online, como a feita por carnê, deve ser verificada mensalmente através do comprovante. Para garantir que os valores estão sendo pagos é preciso verificar a situação das contribuições através de uma agência do INSS, no telefone 135 ou através do portal:

O pagamento precisa estar em dia, bem como a emissão da Guia da Previdência Social, para que caso ocorra uma eventualidade você esteja devidamente amparado pelo INSS. Manter as contribuições em dia também é fundamental para aqueles que sonham em se aposentar um dia.

Como fazer para preencher a Guia GPS do INSS online?

Após esta nossa breve introdução sobre a Guia da Previdência Social, a partir de agora estaremos ensinando passo a passo como fazer para preencher a Guia GPS do INSS de forma totalmente online.

O primeiro passo para iniciar o preenchimento da GPS pela internet é acessar o site da Receita Federal:

“Exatamente, muitos acham que é o site do INSS, mas não…”

Então no portal oficial do Sistema de Acréscimos Legais, você deverá clicar no módulo a qual você faz parte. Estes módulos estão divididos entre contribuintes que estão filiados antes do dia 29/11/1999, ou seja, que realizaram alguma contribuição antes desta data ou contribuintes que foram filiados igual/após 29/11/1999.

area de contribuicao guia gps receita federal sal

Para facilitar a sua vida, confira cada um dos links oficiais:

Depois é necessário selecionar o tipo de contribuinte, você pode se basear nas informações que descrevemos acima neste artigo. Entre as opções apresentadas no site oficial do SAL estão:

  • Autônomo ou contribuinte individual (dependendo do ano de início das contribuições)
  • Doméstico
  • Empresário
  • Facultativo
  • Ou Segurado Especial

Depois é preciso inserir o número do NIT/PIS/Pasep. Esse número estará em sua carteira de trabalho ou no documento de cadastro do INSS.

  • Então será preciso inserir o código da imagem de segurança e depois clicar em confirmar.

O site irá lhe redirecionar para uma nova janela no site da Receita Federal, onde serão exibidos os seus dados e endereço. É preciso avaliar se todas as informações apresentadas estão certas, caso haja alguma divergência, entre em contato com o INSS para atualizar o seu cadastro na Previdência.

Após a confirmação dos dados, chegou a hora de preencher a Guia GPS online:

  • No primeiro campo coloque seu nome, telefone e endereço residencial.
  • O segundo campo deverá ser deixado em branco. É uma área que deve ser preenchida pelo INSS
  • O terceiro campo deve ser preenchido com o código de pagamento, que deve ser avaliado conforme a tabela da Receita Federal. O código varia para cada tipo de contribuinte. Confira a tabela no seguinte endereço:

https://idg.receita.fazenda.gov.br/orientacao/tributaria/pagamentos-e-parcelamentos/codigos-de-receita/codigos-de-receita-de-contribuicao-previdenciaria

Talvez seja preciso adicionar a página as “exceções” de seu navegador, por ser considerado “inseguro”.
Mas é seguro.

  • No quarto campo da Guia GPS coloque o mês, ano e salário.
  • No quinto campo coloque o Número do Identificador. Este número será o seu NIT, PIS, PASEP, CEI ou CNPJ. De acordo com as regras pré estabelecidas pelo INSS.

Caso tenha dúvidas, recomendamos ligar na Previdência, através do telefone 135.

  • No sexto campo da guia insira o valor que está atualmente em déficit com o INSS. Considere todos os valores de compensação e dedução.
  • Os campos 7, 8, 9 e 10 só devem ser preenchidos se estiverem enquadrados em sua situação com a Receita Federal. Realize uma consulta junto ao órgão antes.
  • Depois no campo onze é necessário preencher o valor total a ser recolhido naquela “parcela”. O valor deve ser baseado na tabela da Guia da Previdência Social do ano vigente. (Logo abaixo confira a tabela deste ano e quais são os valores das contribuições).

Pronto, a sua Guia GPS online está devidamente preenchida. Confira todos os dados inseridos e se estiver tudo certo clique na opção “Gerar uma Guia GPS”.

Como fazer o pagamento da Guia GPS online e offline?

Depois de finalizar o preenchimento e gerar a Guia GPS, o seu pagamento deverá ser feito todos os meses, com vencimento até o dia 15 do mês seguinte.

Este pagamento poderá ser feito através de seu Internet Banking. Vá até a sua agência e solicite a senha de acesso e autorização para realizar pagamentos online. Então é só copiar o código de barras e fazer o pagamento diretamente do seu aplicativo bancário.

Você pode optar também por imprimir a Guia GPS que emitiu online e então realizar o pagamento através de bancos autorizados ou lotéricas da Caixa Econômica Federal.

Como não enfrentar filas em Lotéricas para pagar contas

Tabela INSS de contribuição

Neste ano de 2018 empregados, empregados domésticos e trabalhadores avulsos devem contribuir com base nos seguintes valores:

  • Salários que sejam de até R$ 1693,72 devem contribuir sobre a alíquota de 8%
    Exemplo: Se um trabalhador ganhar R$ 1500, irá pagar 8% sobre o montante, totalizando R$ 120.
  • Salários que sejam entre R$ 1693,73 e R$ 2822,90 devem contribuir sobre a alíquota de 9%
    Exemplo: Se um trabalhador ganhar R$ 2000, a contribuição deve ser de R$ 180, ou seja, 9% sobre o montante.
  • E salários entre R$ 2822,91 e R$ 5645,80 (Teto máximo da Previdência Social) a alíquota é de 11%
    Exemplo: Se um trabalhador ganhar R$ 4000, o valor da contribuição será de R$ 440.

Como fazer para sacar o 13º do benefício INSS?

Mesmo que o valor da remuneração destes tipos de contribuintes for maior que o teto, não é possível fazer pagamento mais altos.

Tabela de contribuição INSS para contribuintes individuais e facultativos

  • Aqueles que recebem salário de R$ 954 que se enquadrem na contribuição facultativa de baixa renda, deverão contribuir com uma alíquota de 5%, ou seja, R$ 47,70 neste ano. Essa contribuição não concede aposentadoria por tempo de contribuição ou certidão de tempo de contribuição.

Já aqueles que desejam contribuir por um salário de R$ 954, a contribuição deverá ser de 11%. Esse plano é exclusivo para o simplificado de previdência. O valor desta contribuição será atualmente de R$ 104,94. Essa opção também NÃO concede aposentadoria por tempo de contribuição ou certidão.

  • Agora para os outros contribuintes que queiram contribuir com o INSS sob salários que vão de R$ 954 à R$ 5645,80, a alíquota de contribuição é de 20%.
  • Para estes o valor da contribuição pode variar entre R$ 190,80 para o mínimo, podendo chegar em até R$ 1129,16 sobre o teto máximo.

Exemplo: Se um trabalhador contribui sobre 2 salários mínimos deste ano vigente, o valor da contribuição será de 20% sobre R$ 1908. O total da contribuição então será de R$ 381,60.

Assim que a tabela 2019 for oficializada no site do INSS com base no salário mínimo de 2019, estaremos atualizando este artigo.

Como saber o número do benefício através do CPF!

Gostou? Deixe seus comentários. Se achou interessante compartilhe, você não sabe o bem que faz pro crescimento do site!

Anterior Como imprimir CPF - Tudo sobre o Cadastro de Pessoas Físicas
Proximo Como fazer compras no Black Friday - Dicas

Sobre o autor

Wes
Wes 871 posts

Vencer sem lutar, é como triunfar sem glória.

Voce tambem podera gostar de:

Informações 0 Comentarios

Como congelar e conservar os alimentos – Guia completo

A prática do congelamento é muito usada no mundo todo por questões de praticidade, pois logo após a invenção do micro-ondas, realizar o descongelamento destes se tornou muito fácil e… Leia mais

Informações 0 Comentarios

Como fazer baliza – Aprenda como estacionar

Realizar uma baliza pode ser o pesadelo de muitos, tanto na auto escola como depois no dia a dia de cada um. A missão de estacionar em uma vaga está… Leia mais

Informações 12 Comentarios

Como plantar uma muda de rosa, roseira com sucesso

Geralmente quando vamos plantar uma muda de rosa ou roseira elas acabam não germinando o que é bem desagradável já que o objetivo é que elas cresçam e formem novas… Leia mais

Informações 0 Comentarios

Aprenda como burlar os radares do Detran e não pagar multas

Seria um sonho existir uma maneira de burlar os radares do Brasil não é mesmo? Poder passar sem ter que pagar multas, e não financiar essa máfia do governo… Mas… Leia mais

Informações 0 Comentarios

Tabela de pagamento dos beneficios INSS 2018

Aposentados e pensionistas do INSS, os segurados da Previdência Social, poderão neste artigo conferir a tabela de pagamento dos benefícios de 2018. A consulta na íntegra do calendário de pagamentos… Leia mais

Informações 0 Comentarios

Como conseguir tirar foto do meu cachorro? APP resolve isso

Você gostaria de poder tirar fotos do seu cachorro com mais facilidade, visto que eles dificilmente “posam” para uma foto? Hoje vamos falar um pouco mais sobre um app para… Leia mais

Seja o primeiro a comentar

Escreva uma resposta