Como fazer chimarrão clássico

Como fazer chimarrão clássico

Você está entrando agora no mundo do chimarrão e encontra dificuldades em preparar um bom chima? Não se preocupe, hoje estaremos ensinando passo a passo como fazer o chimarrão clássico, com imagens, vídeo e também contando um pouco sobre a história, os tipos de preparo e os principais benefícios do consumo de chimarrão para a nossa saúde.

A bebida é tradicional nas terras gaúchas, porém além do Rio Grande do Sul, o consumo da erva é bem tradicional em cidades de Santa Catarina e no Paraná, pois o clima frio e a tradição dos imigrantes é um convite para que a cuia seja passada de geração em geração.

Nós do Como Fazer Fácil somos do sul e nada mais justo do que prepararmos um artigo para os nossos leitores ensinando pelo menos o preparo básico desta bebida tradicional. Mais pra frente estaremos ensinando as opções diferenciadas, caso este artigo tenha uma boa repercussão, então só depende de vocês 😀 .

Tipos de preparo do chimarrão

É preciso saber porém que existem diferentes tipos de preparo de chimarrão, onde alguns dos mais famosos são:

  • Chimarrão invertido
  • Chimarrão artístico
  • Chimarrão tapado
  • Chimarrão dos namorados (com duas bombas)
  • Chimarrão Apaixonado
  • Mate do prego (“Mexa no prego, mas não mexa na bomba!”)
  • Chimarrão formigueiro
  • Chimarrão do aconchego
  • Chimarrão repartido
  • Chimarrão da praia
  • Chimarrão Vulcão
  • Chimarrão canhoto
  • Chimarrão furo alto

E dezenas de outras opções diferentes, como da Copa do Mundo, Escovado, da Flor, Riscadinho, Estrela, Ponte, Amargo, Meia Lua, China Pobre, Ventania, Ferradura, Poço, da Homenagem, Engrenagem, da Colher, Furo Quadrado, Roda de Carreta, Toca de Tatu, Mate Doce, Peão Pobre, etc.

Aprenda como fazer um tereré gostoso

Mas hoje nós vamos de clássico (tradicional). Boa parte dos outros o segredo está na forma como é “decorado”, mas para quem está começando, pode ser um pouco mais difícil, então deixaremos para uma outra oportunidade aqui no Como Fazer Fácil.

Um pouco sobre a história do Chimarrão

A melhor definição sobre o nome que atualmente conhecemos como “Chimarrão” é proveniente dos espanhóis, onde a tradição era conhecida aqui no Brasil por eles como cimarrón. Este nome significa algo bruto, xucro, onde os colonizadores do Prata, usaram a definição para dar nome a bebida amarga e “bruta” dos nativos, visto que ela sempre foi tomada sem qualquer ingrediente capaz de deixar o gosto mais suave.

Tradicionalmente o chimarrão é uma bebida do sul da América do Sul, sendo consumido na Argentina, Uruguai, Paraguai, Chile e também no Brasil. A área no país onde a bebida é mais consumida é no Rio Grande do Sul, sendo muito comum na casa de todos os gaúchos. A bebida é uma herança de povos indígenas que habitavam próximos ao Paraguai, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e também no Paraná, sempre mais a oeste dos estados brasileiros. Entre estes povos estavam as tribos quíchuas, guaranis e aimarás.

Os indígenas destas tribos tomavam a erva no Tacuapi, uma bomba feita com taquara, além da cuia tradicional de cabaça. Após a chegada dos colonizadores na América do Sul, a tradição foi sendo passada para frente, onde os colonizadores começaram a criar utensílios para deixar a pratica mais fácil e também melhor adornada. O aumento do consumo da erva mate no Brasil, fez com que a sua produção crescesse de forma descomunal, tornando as etapas de produção da erva, como a principal atividade econômica do país até meados do século XVI.

Como fazer brigadeiro de erva cidreira

A erva utilizada no chimarrão é moída, com folhas e ramos finos de Ilex Paraguariensis, sendo bem variada de região para região, podendo inclusive variar na cor, sabor, consistência e muito mais.

O chimarrão se tornou um símbolo e orgulho dos gaúchos, onde existem diversos eventos que colocam em evidência as culturas do sul, bem como a importância do chimarrão para a região. Entre esses eventos estão a Feira Nacional do Chimarrão em Venâncio Aires, que é considerada a capital nacional do chimarrão. Por lá é possível desfrutar de rotas típicas das tradições gaúchas e até mesmo locais onde os turistas são ensinados a preparar a bebida, como a Escola do Chimarrão.

Como fazer o chimarrão clássico?

Para fazer o chimarrão clássico nós vamos precisar dos seguintes ingredientes e materiais:

  • Bomba
  • Cuia
    (Se a cuia for nova, preencha-a com água e deixe de um dia para o outro para que a madeira fique úmida e seja mais fácil a erva grudar na parede)
  • Erva mate
    (Uma de boa qualidade, não use uma muito fina, pois entope mais fácil a bomba)
  • Aparador
    (ou uma tampa de panela, prato, tampa de pote ou a própria mão, é só pra poder segurar a erva)
  • Meio copo de água morna ou fria
  • Água quente
    (não precisa deixar ferver 100%, uns 70ºC já é o suficiente, assim que a chaleira apitar, desligue)

ingredientes materiais chimarrao como fazer

Como fazer o chimarrão tradicional?

  • O primeiro passo é preencher a cuia com erva. Coloque erva mate até o “gargalo” da cuia, na parte onde ela fica mais estreita.

colocando erva cuia chimarrao como fazer

  • A quantidade de erva geralmente ocupa 2/3 da cuia.

erva na cuia chimarrao como fazer

  • Em seguida coloque o aparador sobre a tampa da cuia. Você pode usar um prato, uma tampa de plástico, tampa de panela ou a própria mão, o importante é segurar a erva firmemente dentro da cuia.

aparador na erva chimarrao como fazer

  • Então vire a cuia de cabeça para baixo e depois incline-a na diagonal. Balance um pouco a cuia para que a erva “assente” na diagonal com o auxílio do aparador.

cuia diagonal erva chimarrao

  • Mantenha a cuia na diagonal e com cuidado deslize o aparado para baixo, retirando-o da tampa da cuia.

cuia com erva chimarrao

  • Ainda na diagonal, acrescente um pouco de água morna (ou fria) até que seja possível vê-la no topo da erva.

colocando agua fria na cuia erva chimarrao

  • Segure a cuia na diagonal com a água por aproximadamente um minuto. Você verá que a erva irá sugar a água, assim ela irá inchar. Ao inchar, além de não queimar a erva com a água fervente e “estragar” o chimarrão, essa técnica faz com que a erva maior não venha a entupir com facilidade a bomba.
  • Depois da erva sugar a água morna, chegou a hora de introduzir a bomba dentro da cuia.
  • Tampe o bico da bomba com o dedão para que não entre água/ar enquanto você enfia na erva. Assim ela não irá entupir. Com o bico tampado, vire a bomba ao contrário da posição em que é tomado o chimarrão.

tampando o bico da bomba chimarrao

  • Introduza no buraco da erva como se estivesse “cavucando”, então ainda com a bomba tampada, gire-a para a posição tradicional.

colocando a bomba na cuia chimarrao

  • Depois de introduzir a bomba “debaixo” da erva, solte o dedão. Se tudo deu certo a bomba irá sugar boa parte da água morna que você colocou.

Pronto. Agora é só colocar a água quente e tomar o seu chimarrão. Lembre-se de não mexer na bomba para não entupir.

como fazer chimarrao classico tradicional

Caso esteja com dificuldade de preparar o chimarrão sem que a bomba venha a entupir, seja por falta de prática (recomendamos que treine), seja pela má escolha da erva ou outro fator, você pode colocar um artefato chamado de “camisinha de bomba” que é facilmente encontrado em mercados e casas de ervas e produtos do sul. Assim a bomba fica protegida e dificilmente irá entupir.

Principais benefícios do chimarrão

Mas o chimarrão não é apenas uma bebida que é ingerida por ser tradicional, ela conta com bons benefícios para o organismo e é rica em minerais e nutrientes como o alumínio, fósforo, ferro, cálcio, magnésio, potássio, manganês, aminoácidos essenciais, cafeína, metilxantina, teobromina, frutose, glucose, sacarose, sacarina, dextrina, vitaminas A, B1, B2, C, E e outros.

O chimarrão é uma bebida que é capaz de trazer os seguintes benefícios para o organismo:

  • Elimina o cansaço físico e mental por conta da cafeína
  • Ajuda no processo digestivo, pois a erva mate conta com substâncias laxantes, que ajuda no trânsito intestinal. É também um auxiliador na digestão de comidas “pesadas” como carnes.
  • Para aqueles que possuem problemas para urinar, o chimarrão é altamente diurético, indicado principalmente para aqueles que acabam retendo líquidos. No caso de pessoas com pressão alta ou algum problema renal, é preciso autorização médica para realizar o consumo da bebida.
  • A cafeína e outros elementos da erva mate ajudam na prática de exercícios físicos, pois são muito estimulantes.
  • O chimarrão conta com fenólicos, ou seja, antioxidantes que são essenciais para combater a ação dos radicais livres, retardando o envelhecimento celular.
  • Os sais minerais do chima ajudam na complementação de sua dieta.

Entre outros diversos benefícios ligados principalmente ao sistema digestivo.

Aprenda como fazer o melhor extrato de tomate caseiro

Gostou? Compartilhe! Tem alguma dica para melhorar este artigo? Deixe seus comentários.

Aprenda como fazer este chimarrão em nosso Canal do Youtube!

Anterior Como fazer uma camiseta estampada caseira personalizada super barata
Proximo Como fazer batata Pringles caseira

Sobre o autor

Wes
Wes 856 posts

Vencer sem lutar, é como triunfar sem glória.

Voce tambem podera gostar de:

Receitas 0 Comentarios

Cupcake churros – Bolinho de chuva com doce de leite

Você gosta de Cupcake? E churros? E bolinho de chuva? E se a gente combinasse tudo isto em uma única receita e ainda adicionasse doce de leite? Pois então hoje… Leia mais

Receitas 0 Comentarios

Como fazer corretamente o KEFIR de leite

Hoje vamos apresentar um pouco mais sobre o kefir de leite, este incrível probiótico que ajuda a regular a flora intestinal, ajuda a eliminar toxinas do organismo e também a… Leia mais

Receitas 4 Comentarios

Como fazer torta gelada para a sobremesa (com 3 ingredientes)

Esta é a sobremesa mais fácil e deliciosa que você vai aprender em sua vida. Ela só leva 3 ingredientes e em menos de 5 minutos está pronta para ir… Leia mais

Receitas 0 Comentarios

Quatro receitas de sucos para combater o inchaço e a barriga

Sucos naturais são as melhores opções para a nossa saúde, desde que feitos com frutas, verduras e legumes frescos, com água mineral, filtrada ou fervida e outros cuidados como a… Leia mais

Receitas 0 Comentarios

Como fazer Guacamole

A receita de hoje que vamos aprender é como fazer Guacamole, um molho de abacate típico da culinária mexicana, que é delicioso e fácil de se fazer. A indicação é… Leia mais

Receitas 0 Comentarios

Como fazer bolachinhas de natal?

As tradicionais bolachas de natal, com glacê e granulados coloridos já são bem tradicionais, durante esta época do ano, mas você sabe como fazer? Esta receita é muito mais simples… Leia mais

  1. Carlos
    agosto 14, 11:23 Responda
    Ótimo artigo, o vídeo ficou bem explicativo e engraçado :P

Escreva uma resposta